Cabeçalho do Blog

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
OLÁ, BEM-VINDO!   INSCREVA-SE ANTES NO NOSSO G+ PARA DEPOIS SOLICITAR LINKS EXCLUSIVAMENTE POR EMAIL!

02 julho 2012

O Maior Evento Mundial Do Rock Em Todos Os Tempos


















     O festival de rock mais famoso de todos os tempos  rolou em agosto de 1969, em uma  fazenda  na  cidadezinha  americana de Bethel, de 2.300  habitantes, a cerca de 120 quilômetros de  Nova York. Woodstock  era o nome  da cidade que  foi  escolhida originalmente  para  abrigar os shows,  mas  acabou  não rolando e, depois de  idas e vindas, os organizadores desistiram da cidade e alugaram  uma  fazenda  em  Bethel, a menos de um mes antes da abertura do festival.

    Para não criar mais confusão, o nome original, Festival de Música e Artes de Woodstock, permaneceu. Realizado nos dias 15, 16 e 17  de  agosto  de 1969,  ficou conhecido como o maior dos festivais,  tendo como lema  "Três  Dias de Paz, Amor e Rock and Roll". Os quatro rapazes que organizaram o evento tentaram, sem sucesso, levar John Lennon, Bob Dylan,  The Doors,  Led  Zeppelin  e  Frank Zappa ao palco da fazenda, mas isto não tirou o brilho do festival. Reuniram consagrados nomes do rock and roll, como Janis Joplin, The Who, Jimmy  Hendrix, Joe Cocker, Jefferson Airplane, Santana,  dentre outros que  aceitaram  o  convite,  fazendo shows  históricos e que, por se apresentarem no evento, acabaram se consagrando músicos de renome.

    Com o festival  da  contra  cultura,  contra  a  ingenuidade e a utopia,  marcou-se  a liberdade dos jovens, numa  apologia à diversão e ao estilo  musical  que  extrapola as regras e os limites impostos pelos mais conservadores da época.



















      Nova Iorque de repente se viu  num dos maiores  engarrafamentos de sua  história, mas como a paz era um dos principais  elementos que  figuravam  no  movimento, não aconteceram acidentes ou manifestações de violência. O festival, que  estava  previsto para durar três dias, acabando à meia-noite do domingo, entrou pela semana seguinte. Hoje o festival ainda  é  tido como  modelo  para  tantos   outros  shows  de  rock  que reúnem vários artistas e grupos musicais, além de servir como exemplo aos jovens de hoje que utopia e idealismo podem  ser colocados  no plano da realidade.

     O festival, tendo sido um evento de sucesso, teve  também o lado da  precariedade. A estrutura montada  não foi  suficiente  para  atender à  multidão  presente no local, o que  fez  surgir  problemas de  higiene,  falta d’água,  alimentação, etc. Além  disso, as drogas   tomaram   conta  do  lugar,  sendo   idolatradas  naquele  momento.  Como a organização esperava apenas 60 mil pessoas, somando-se o  público dos três dias, a saída foi improvisar postos de alimentação gratuita, pois se depararam com uma população sete vezes maior. Cidades vizinhas doaram  frutas, enlatados, sanduíches, etc. Cercas delimitavam a área reservada ao acampamento,  mas, na  prática,  com a superpopulação,  isto  não  funcionou.  Haviam  centenas  de  barracas, colchonetes  e trailers espalhados pelos quatro cantos da fazenda e até nas propriedades vizinhas.
























     Foram trinta e duas  atrações,  entre  cantores e bandas se apresentando  no  palco, que ficava na parte mais baixa de uma pequena colina,  formando um anfiteatro  natural. As chuvas do fim de semana detonaram a grama que cobria o local, formando enormes piscinas de lama, onde a galera mais chapada  e  nua, se lambuzava à vontade. Apesar destes e outros  contratempos,  pode-se afirmar que Woodstock  imbolizou os valores da juventude da  década de  60,  protestando  contra  a  guerra, o capitalismo e criando um conceito de liberdade ao amor,  às  mulheres,  à vida  em  sociedade e priorizando a paz  e a  alegria em  todos os sentidos, etc. A verdade  é que o  mundo  não  foi  mais o mesmo depois deste festival, pois revolucionou os costumes, expandiu a cultura, e jogou por terra as  tradições.  È  evidente que trouxe com ele, também, o lado negativo, como por exemplo, as expansão do uso das drogas, mas eu só sei que aquele  festival  mudou a vida das pessoas para sempre, irreversivelmente!


Um comentário:

  1. Nilson Magno Baptista4 de julho de 2012 22:47

    Eu tive oportunidade de assistir ao filme do Festival de Woodstock no antigo Cine Brasil aqui de São João.No meio da galera que lotou o cinema estava o Silvio Heleno Picoroni e vários outros companheiros nossos.Foi uma loucura!

    ResponderExcluir



                                                     AVISO IMPORTANTE:
       Amigos, informamos que não atenderemos pedidos de links feitos através dos "Comentários", pelas "Redes Sociais", ou ainda pelo "Chat" do blog. Com o intuito de    agilizarmos o atendimento os leitores deverão usar exclusivamente o "Email" do blog.
 

                        ENCONTRE-NOS NAS REDES SOCIAIS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...