Faça seu Registro Aqui

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
Bem-vindos!   Só atenderemos pedidos de Informações de Seguidores do blog
e se forem solicitados exclusivamente através do nosso Email.   Obrigado.

28 setembro 2013

IQ - Faz Um Neo-Progressivo Comportado



IQ é uma banda britânica de rock progressivo fundada por Mike Holmes em 1982, criada logo depois do término da banda The Lens (1976-1981). Apesar da banda nunca ter tido sucesso comercial, construiram um legado de fãs, incluindo eu. O estilo musical da banda, especialmente no início da carreira era bastante similar à era do Genesis com Peter Gabriel e Steve Hackett, devido à semelhança no vocal e na presença de palco de Peter Nicholls. Para mim, esta foi a fase mais bonita do Genesis, sem desmerecer a de Phil Collins é óbvio.

IQ foi uma das poucas bandas britânicas da década de 80, incluindo aí Marillion, Pendragon, Twelfth Night e Pallas, que continuaram fazendo rock progressivo estilo anos70. Na sua grande maioria acabaram terminando ou mudando seu estilo, como fez o Genesis e o Yes por exemplo. A mídia utiliza o termo neo-progressivo para descrever tais bandas.

Particularmente gosto muito do jeito tranquilo da banda fazer o seu rock e indico o disco "IQ - Frequency", gravado em 2009, para uma melhor apreciação da musicalidade dos caras.

IQ - Life Support

          

IQ - The Last Human Gateway

          

IQ - The Darkest Hour

          

24 setembro 2013

Como Baixar Arquivos Pelo Site "MEGA", Sucessor Do "MEGAUPLOAD"


Bem pessoal, para quem não está conseguindo fazer downloads pelo novo servidor "MEGA", onde estamos hospedando nossos arquivos para download (nuvem), o processo é bastante simples e rápido. Só esperamos que agora, depois dessa terceira modificação no sistema feito recentemente eles mantenham a última versão.

 Se o seu navegador for o Google Chrome o sistema já está pronto. Recentemente o MEGA fez uma nova reformulação no processo de download e agora você deverá clicar em"Download though your browser" (em cinza), à direita, no centro da página para se livrar da instalação do gerenciador MEGA de downloads. Depois disso é só aguardar o download terminar. Não é simples?!..

Se o seu navegador for outro que não o Chrome, como por exemplo o Firefox, Internet Explorer, Opera e outros, terá que instalar um complemento do Mega correspondente ao navegador que você usa para liberar os downloads. Mas não se preocupe! É muito fácil e rápido! Veja como assistindo a este outro vídeo. Como o vídeo é antigo desconsiderar a nomeação dos ícones da página do Mega aí apresentado.


23 setembro 2013

Tisaris - Mais Um Excelente Progressivo Das Gerais!




Tisaris, uma banda de rock progressivo sinfônico de Lavras, Minas Gerais, faz parte do terceiro movimento progressivo mineiro e nem sei  se os caras ainda estão na ativa, pois ser independente e progressivo nesta terrinha não é nada fácil; o que eu sei é que os caras são realmente muito bons. Quanto à biografia da banda, não encontrei nada mais esclarecedor além do exposto no site Rock Progressivo Brasil, a saber:

"Grupo brasileiro formado em 1984 com o nome de "Contra-Bando" (depois Guerra e Paz), projeto paralelo ainda ativo(?)), o Tsaris, originário de Lavras, Minas, muda-se para Santo André, São Paulo, onde o atual baterista, Cruz, engrossa a formação. Com algumas influências da banda inglesa Marillion, o grupo lança o seu primeiro CD em 1992."

Discografia:
What's Beyond? (1992)    -    Once Humanity (1994)    -    The Power of Myth (1997)

Músicos:
Waldo Pereira - baixo e voz
Edson Cruz - bateria, percussão e voz
Andrei Vieira - vocal
Rodrigo Barbosa - piano, teclados e voz
Rique Vilas - guitarra, violão e voz

Tisaris - Elegy To Magdalene

          


Este é o primeiro vídeo clipe oficial da banda com a música "Elegy To Magdalene", do disco "What's Beyond", de 1992. Nesta música os caras me lembraram bastante Roger Waters no disco "Pink Floyd - The Wall Vol.1". Mas é só lembrança mesmo, viu pessoal!..

Tisaris - Only Eternity

          

Mesmo sem praia dá para notar que os mineiros sempre surfaram altas ondas!.. Que tal mais essa?

Tisaris - The Power of Myth

          

15 setembro 2013

TNT - Rock & Roll Brasileiro Dos Anos 80



Mais uma pérola do rock gaúcho, TNT foi uma banda brasileira de rock and roll,  rockabilly, rock psicodélico, rock alternativo e blues-rock, muito influente no rock nacional da década de 80. A primeira formação da banda contava com Charles Master, Flávio Basso, Nei Van Soria, Márcio Petracco e Alexandre Birck, passando por muitas alterações.


Depois de várias modificações no pessoal da banda, em 1994, Flávio desentende-se com Charles e sai da banda. Foi a perda mais importante e nesse mesmo ano a banda encerra oficialmente as atividades, devido aos desentendimentos entre os músicos por causa de divergências musicais.

O disco "TNT - Hot 20", de 1999, reúne as 20 melhores músicas da banda e é o CD indicado para quem quer ter um bom disco dos caras.


TNT - Nunca Mais Voltar

          

TNT - Quem Procura Acha

          

TNT - O Mundo É Maior Que O Teu Quarto

          

05 setembro 2013

Vôo Livre - Uma Raridade Do Rock Progressivo Gaúcho



A história do Vôo Livre tem início no final da década de 1970 (quando a palavra "voo" ainda era acentuada...), na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, a partir da reunião do guitarrista Luis Bento e do baterista Luis Vieira. Movidos pelo entusiasmo e pela enorme vontade de realizar algo novo, os dois músicos formam a banda "Palha Mágica", em 1979, e começam a compor. Pouco tempo depois, o baixista Chico Castro se junta ao conjunto, completando a formação clássica de power-trio. Os ensaios se intensificaram, e as influências musicais do trio (Deep Purple, King Crimson, Genesis, Billy Cobham e Rush, entre outros) se fizeram presentes, moldando a sonoridade da banda entre o hard, o jazz-rock e o rock progressivo, que, na época, não vivia seus melhores dias.

Após alguns shows no restrito circuito universitário de Pelotas e vizinhança, os rapazes resolvem partir para voos mais altos, tentando a sorte em Porto Alegre, já com seu nome definitivo. Com recursos bancados na maior parte pelo guitarrista Luis Bento, o Vôo Livre investe, logo no ano seguinte, em grande estilo na capital gaúcha, atraindo rapidamente a atenção do público local mais ligado às correntes de rock progressivo e fusion, adepto de composições mais ousadas e de estrutura musical mais trabalhada. Desde sua primeira aparição, o grupo apresentou uma estrutura profissional de alto nível, com equipamentos modernos, P.A. próprio e, até mesmo, uma equipe de produção.

Com o intuito de gravar logo um LP, o trio estabelece uma parceria com o recém-criado selo independente Pialo, do guitarrista Fernando Bohrer, e começam a trabalhar no disco, que viria a ser lançado em agosto de 1981. Acompanhado de muitas apresentações (e até mesmo de uma pequena excursão de lançamento), o disco surpreendeu tanto o público quanto a crítica, tomando o rock gaúcho de assalto. Sendo considerado o primeiro no gênero totalmente gravado e produzido em Porto Alegre,o disco introduziu ainda, na época, técnicas de estúdio modernas e inovadoras, como novos recursos de gravação, efeitos e percussões eletrônicas.

Depois de um ano de trabalho duro, os integrantes do Vôo Livre começam a sentir o grande desgaste proporcionado pelo ritmo intenso, e resolvem interromper suas atividades, curiosamente, logo após o show comemorativo "Um Ano na Estrada". O conjunto ainda voltaria a se reunir em 1985, para a gravação de um novo álbum, buscando uma sonoridade ainda mais progressiva. O disco, batizado de "Memórias", mesclaria material de arquivo registrado entre maio e agosto de 1981 com novas composições, trazendo propostas mais modernas e algumas influências eletrônicas e experimentais. Infelizmente, a falta de perspectiva com o estilo musical foi a pá de cal definitiva nos planos da banda, e as gravações nem mesmo chegaram a ser finalizadas. De parte das faixas só existem as bases, e mesmo as músicas em estágio mais avançado carecem de uma mixagem adequada, fazendo com que não haja condições de se lançar, hoje, esse registro na íntegra, na forma de um álbum inédito completo.

Mesmo com constantes referências da imprensa especializada local, além dos periódicos boatos sobre reuniões, a separação do trio mostrou-se definitiva, e seus integrantes seguiram caminhos distintos, dispersando-se em diferentes cidades e perdendo o contato entre si.

Este CD, além de conter as seis faixas do raro LP homônimo do Vôo Livre, transcritas das fitas masters originais e cuidadosamente restauradas e remasterizadas no formato digital por Lelo Nazario, traz ainda três bônus especiais: duas faixas inéditas ("Vôo Livre" e "Chamada a Cobrar") resgatadas e selecionadas dentre as fitas das gravações inacabadas do disco "Memórias", mais uma faixa ("Tempo Futuro") incluída originalmente na eclética coletânea "Porto Alegre/Rock", lançada em 1985 pela parceria dos selos Musi'sul/Pialo e que reunia artistas remanescentes dos anos 70 (como a banda Byzarro e o cantor Fughetti Luz, dos pioneiros Liverpool/Bixo da Seda) a novas bandas do rock pesado gaúcho.
Notas do encarte do CD


Banda: Vôo Livre
Disco: Vôo Livre
Ano: 1981
Gênero: Rock Progressivo Brasileiro

Faixas:
1. Hey (3:57)
2. Visão (4:52)
3. Viagem (8:32)
4. Chuva Forte (5:43)
5. PZ4429 (8:03)
6. Pôr Do Sol (4:24)
7. Vôo Livre [Faixa Bônus] (3:10)
8. Chamada A Cobrar [Faixa Bônus] (8:11)
9. Tempo Futuro [Faixa Bônus] (8:07)
Músicas compostas pela banda.

Músicos:
Chico Castro: Baixo, Teclados, Voz
L. A. Vieira: Bateria, Sindrum, Voz
Luís Bento: Guitarras, Efeitos, Voz

Participação especial:
Paulo Dorfman: Teclados ("Pôr Do Sol)

O CD foi lançado em 2011. Todas as músicas e arranjos são do Vôo Livre, exceto a faixa 9, de Chico Castro. LP original (faixas 1-6) gravado em 8 canais nos estúdios Eger, Porto Alegre/RS, entre os meses de agosto e setembro de 81. As faixas 7 e 8 são resultado do trabalho feito entre 81 e 85 para um segundo LP. A faixa 9 foi lançada na coletânea independente Porto Alegre/Rock, lançada em 1985 pela parceria dos selos Musi'sul/Pialo. Ouçam as três músicas que fizeram grande sucesso na época.

Vôo Livre - Hey



Vôo Livre - Visão



Vôo Livre - Pôr Do Sol



04 setembro 2013

Saiba Mais Sobre Armazenamento De Dados Na Nuvem


A era dos hard drives (HD's) grandes, pesados e com (relativamente) pouco espaço já se foi faz algum tempo. Os hardwares diminuíram seu tamanho, peso e também, porque não dizer, a sua qualidade, tendo em vista que acabei de perder um HD de 1TB, o mais novo e o menos usado que possuía para backup. Mas em contrapartida, aumentaram consideravelmente sua capacidade de armazenamento e, mesmo assim, hoje, já estão perdendo para a mais nova tendência, que parece inevitável, que é o armazenamento na nuvem.

O armazenamento remoto de arquivos tornou-se possível com a melhoria das conexões da internet em todo mundo, muito mais prática, conquistou usuários ao redor do globo que não mais armazenam seus arquivos em seus computadores. Grande parte do conteúdo está na nuvem. Grandes empresas, hoje, “emprestam” seus servidores para seus consumidores guardarem fotos, documentos, músicas e todo tipo de arquivo, podendo acessá-los de qualquer dispositivo com suporte à tecnologia e com uma conexão com a internet. Diante do ocorrido comigo, que cataloguei, guardei e perdi cerca de 1000GB de músicas, mais ou menos uns cinco anos de trabalho e pesquisa, não me restou outra alternativa senão aderir à nova moda.

A estratégia utilizada pelas empresas para atrair os consumidores ao hábito de guardar seus pertences digitais na nuvem é simples. Todos os serviços disponíveis hoje oferecem uma pequena “amostra grátis” de seus serviços, 2GB, 5GB, 7GB e até 50GB livres para o novo usuário armazenar seus arquivos gratuitamente. Isto cria a necessidade no usuário, que em breve vai precisar de mais espaço, e vai buscar os serviços pagos que liberam mais gigabytes, muito mais gigabytes para o uso.

No mercado, hoje, existem pelo menos 6 grandes empresas que oferecem este tipo de alternativa, entre elas, os gigantes, Google, Apple e Microsoft. O mais popular dos serviços de armazenamento na nuvem, ironicamente, ou não, é o Dropbox, que não pertence a nenhuma das gigantes da internet. O Dropbox é bem simples de usar, sua interface se assemelha muito ao gerenciamento de arquivos do Windows, podendo fazer transferências com um simples arrastar de arquivos, o que favorece a adesão do serviço. Ele também promove pequenas tarefas, que quando realizadas, liberam mais espaço para usuários. Além destes existem outros mais recentes que poderão ser encontrados com facilidade na internet.
Texto de Vitor Ribeiro para o Verticis blog - Complementação: Renê 

01 setembro 2013

Joe Bonamassa - Faz Um Excelente Blues-Rock



Fã de rock inglês e do blues moderno Joe Bonamassa começou a tocar guitarra aos quatro anos de idade, e aos oito já era elogiado por B.B. King. Este americano faz um excelente blues-rock, mas executa sempre com a mesma destreza os estilos blues, rock and roll, R&B, rock, blue-eyed soul e hard rock, que também fazem parte do seu repertório. Sua discografia é grande, mas existe esta coletânea dupla, lançada em 2012, que nos apresenta todos os seus grandes sucessos.

Joe Bonamassa - Blues Deluxe

          

Para quem gosta de um blues bem executado, dê uma olhadinha na performance deste cara.

Joe Bonamassa - The River

          


De repente, de uma introdução bem light e melódica, Joe chuta o balde, numa conversão quase apoteótica e nos apresenta com muita destreza um outro modo de ver suas composições. Uma maneira diferente e moderna de se fazer um bom blues!

Joe Bonamassa - Just Got Paid

            

Apresento a vocês o lado mais hard do blues de Joe Bonamassa.

                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...