Faça seu Registro Aqui

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
Bem-vindos, Amigos!   Informamos que Só atenderemos pedidos de Informações de Seguidores do blog
e se forem solicitados única e exclusivamente através do nosso Email.   Faça seu Registro logo Abaixo.

09 julho 2012

Etta James - Sucesso Do Blue Americano






     Etta James, nascida  em  Los Angeles, em 1938, foi  uma cantora  norte-americana de Blues,  Rhythm and Blues,  Rock and Roll,  Jazz,  Soul e música gospel. Também era conhecida como Miss Peaches.

     Ela teve o seu primeiro contacto com a música aos 5 anos de idade, tendo aulas com James Earle Hines, director musical da escola Echoes of  Eden da  Igreja  Batista de  St. Paul, em Los Angeles.

     Sua  primeira  gravação e seu  primeiro êxito R&B,  foi de sua  própria  autoria, "The Wallflower", uma música-resposta para a músia de Hank Ballard, "Work with Me, Annie". Em 1954, Etta gravou juntamente com a banda de Otis e com Richard Berry, que fazia a segunda voz. Saiu em turnê com Johnny "Guitar" Watson juntamente com Otis nos anos 50 e foi citada por Watson como a penúltima influência em seu estilo.

     Ela lançou vários duetos com  Harvey  Fuqua, do qual  surgiu o seu  maior sucesso já gravado, a belissima  e  clássica "At  Last".  A  canção,  que  apareceu  juntamente  com outros  êxitos  como  "All  I  Could  Do  Was  Cry"  e  "Trust  in  Me",  foi  incluída  no seu álbum de estreia, "At Last!".

     Etta  James  teve  um  sério  problema  de  drogas  e  romances  mal sucedidos, que interferiram  em  sua  carreira. Posteriormente  ela  teve  problemas  com a obesidade e chegou  a  ter 200 kg,  fazendo  uma  cirurgia  gástrica em  2003.  Neste ano ela ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood. Depois fez tour pela América junto com seus  dois  filhos, Donto e Sametto. Em  2011,  cantou  com  Flo Rida, na  música "Good Feeling", com uma participação  não-creditada.  Cinco dias antes de seu  aniversário de 74 anos, ela finalmente sucumbiu à leucemia e outras doenças no Riverside Community Hospital, na cidade de Riverside, na Califórnia. Para baixar, sugiro uma coletânea dela.


Etta James - Stormy Weather  by batebocamusical

06 julho 2012

B.B. & Q Band - O Estilo Dico-Funk



            


B.B. & Q Band, a  banda  de New  York  que  representa  o  Brooklyn,  o  Bronx  e  o Queens,  surgiu  acidentalmente  quando  alguns  músicos  se  juntaram  para  gravarem algumas  faixas de um disco que um deles iria  lançar. A coisa  funcionou  tão  bem  que depois das gravações resolveram continuar como uma banda. O estilo deles varia entre o  Rhythm & Blues Contemporâneo,  o  Disco-Funk,  o Post-Disco  e  Eletronic Dance. A  música em destaque  foi  um dos grandes  sucessos da banda. Para  baixar  indico o álbum duplo  "B.B.&Q. Band - The Disco Years On The Beach - blogspot".

02 julho 2012

Luiza Possi - Mais Uma Linda Estrela Da MPB




     Luiza Possi, esta linda loira de voz macia e afinadíssima enveredou-se pela  música pop, se destacando como uma das melhores vozes da atualidade brasileira. O seu melhor disco e que recomendo para você ter em casa é o primeiro disco dela, "Eu Sou Assim", lançado em 2002. Veja uma das faixas deste disco!..


            

Ana Johnson Matando A Saudade No Flashback Internacional




Ana Johnson. Este nome pode  lhe parecer estranho, mas, certamente você conheceu bastante esta  música, que fez  muito sucesso nas  rádios à partir de 2004, quando esta linda cantora sueca lançou o seu primeiro disco. A sua voz é tão maravilhosa quanto ela. Para baixar grátis sugiro buscar no Google uma coletânea dela. Quanto à  letra, nem tão maravilhosa, não  tive paciência  para adequá-la  à  nossa  linguagem  de  entendimento, ficando meio que desconcatenada. Ouçam!..


Ana Johnsom  -  One  More  Night (tradução)


            

O Maior Evento Mundial Do Rock Em Todos Os Tempos


















     O festival de rock mais famoso de todos os tempos  rolou em agosto de 1969, em uma  fazenda  na  cidadezinha  americana de Bethel, de 2.300  habitantes, a cerca de 120 quilômetros de  Nova York. Woodstock  era o nome  da cidade que  foi  escolhida originalmente  para  abrigar os shows,  mas  acabou  não rolando e, depois de  idas e vindas, os organizadores desistiram da cidade e alugaram  uma  fazenda  em  Bethel, a menos de um mes antes da abertura do festival.

    Para não criar mais confusão, o nome original, Festival de Música e Artes de Woodstock, permaneceu. Realizado nos dias 15, 16 e 17  de  agosto  de 1969,  ficou conhecido como o maior dos festivais,  tendo como lema  "Três  Dias de Paz, Amor e Rock and Roll". Os quatro rapazes que organizaram o evento tentaram, sem sucesso, levar John Lennon, Bob Dylan,  The Doors,  Led  Zeppelin  e  Frank Zappa ao palco da fazenda, mas isto não tirou o brilho do festival. Reuniram consagrados nomes do rock and roll, como Janis Joplin, The Who, Jimmy  Hendrix, Joe Cocker, Jefferson Airplane, Santana,  dentre outros que  aceitaram  o  convite,  fazendo shows  históricos e que, por se apresentarem no evento, acabaram se consagrando músicos de renome.

    Com o festival  da  contra  cultura,  contra  a  ingenuidade e a utopia,  marcou-se  a liberdade dos jovens, numa  apologia à diversão e ao estilo  musical  que  extrapola as regras e os limites impostos pelos mais conservadores da época.



















      Nova Iorque de repente se viu  num dos maiores  engarrafamentos de sua  história, mas como a paz era um dos principais  elementos que  figuravam  no  movimento, não aconteceram acidentes ou manifestações de violência. O festival, que  estava  previsto para durar três dias, acabando à meia-noite do domingo, entrou pela semana seguinte. Hoje o festival ainda  é  tido como  modelo  para  tantos   outros  shows  de  rock  que reúnem vários artistas e grupos musicais, além de servir como exemplo aos jovens de hoje que utopia e idealismo podem  ser colocados  no plano da realidade.

     O festival, tendo sido um evento de sucesso, teve  também o lado da  precariedade. A estrutura montada  não foi  suficiente  para  atender à  multidão  presente no local, o que  fez  surgir  problemas de  higiene,  falta d’água,  alimentação, etc. Além  disso, as drogas   tomaram   conta  do  lugar,  sendo   idolatradas  naquele  momento.  Como a organização esperava apenas 60 mil pessoas, somando-se o  público dos três dias, a saída foi improvisar postos de alimentação gratuita, pois se depararam com uma população sete vezes maior. Cidades vizinhas doaram  frutas, enlatados, sanduíches, etc. Cercas delimitavam a área reservada ao acampamento,  mas, na  prática,  com a superpopulação,  isto  não  funcionou.  Haviam  centenas  de  barracas, colchonetes  e trailers espalhados pelos quatro cantos da fazenda e até nas propriedades vizinhas.
























     Foram trinta e duas  atrações,  entre  cantores e bandas se apresentando  no  palco, que ficava na parte mais baixa de uma pequena colina,  formando um anfiteatro  natural. As chuvas do fim de semana detonaram a grama que cobria o local, formando enormes piscinas de lama, onde a galera mais chapada  e  nua, se lambuzava à vontade. Apesar destes e outros  contratempos,  pode-se afirmar que Woodstock  imbolizou os valores da juventude da  década de  60,  protestando  contra  a  guerra, o capitalismo e criando um conceito de liberdade ao amor,  às  mulheres,  à vida  em  sociedade e priorizando a paz  e a  alegria em  todos os sentidos, etc. A verdade  é que o  mundo  não  foi  mais o mesmo depois deste festival, pois revolucionou os costumes, expandiu a cultura, e jogou por terra as  tradições.  È  evidente que trouxe com ele, também, o lado negativo, como por exemplo, as expansão do uso das drogas, mas eu só sei que aquele  festival  mudou a vida das pessoas para sempre, irreversivelmente!


                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...