Faça seu Registro Aqui

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
Bem-vindos!   Só atenderemos pedidos de Informações de Seguidores do blog
e se forem solicitados exclusivamente através do nosso Email.   Obrigado.

30 maio 2014

Liverpool Express - Soft Rock Britânico Anos 70



Liverpool Express é uma banda de soft rock britânica dos anos 70. Criada em 1975, foi a primeira banda a fazer uma grande turnê pela América do Sul. Eles ficaram mais conhecidos com as canções "You Are My Love", que foi tema de novela em 1977, e o grande sucesso "Every Man Must Have A Dream", além de vários outros hits nas paradas.

Na coletânea "Liverpool Express - The Best of Liverpool Express", lançada em 2002, você encontra todos os grandes sucessos da banda, sendo portanto a dica de hoje indicada para download. Mais informações: "info & links here"


Liverpool Express - You Are My Love (tradução)

            

Liverpool Express - Dreamin' (tradução)

            

Liverpool Express - Every Man Must Have A Dream (tradução)

            

Liverpool Express - Every Man Must Have A Dream (tradução)


Todo Homem Deve Ter um Sonho

Cada homem deve ter um sonho
Cada jogo deve ter uma cena
Cada mágoa tem um coração
Cada criança deve ter um começo
Cada amante tem um amor
Oh yeah
Mas todas estas coisas que você está fazendo
Me deixam na ruína do mesmo velho jeito

Cada manhã tem um dia
Cada mulher tem o estilo dela
Cada estrada deve ter um fim
Grandes impostores devem ser falsos
Cada coisa que você precisa é de graça
Quando a única que você precisa é de mim
Oh yeah
Mas todas estas coisas que você está fazendo
Me deixam na ruína do mesmo velho jeito

Eu acostumei ser um sonhador
Mas agora sou simplesmente um homem
Eu acostumei estar sozinho
Mas eu sei que você nunca entendeu

Cada homem deve ter um sonho
Cada pintura desenha uma cena
Cada mágoa tem um coração
Cada criança deve ter um começo
Cada amante tem um amor
Cada religão tem um Deus supremo
Oh yeah
Mas todas estas coisas que você está fazendo
Me deixam na ruína do mesmo velho jeito
Eu vi ela hoje
Tradução: Vagalume

28 maio 2014

Baixando Músicas/Vídeos Grátis Pelo Site "Turbobit"

                                                                            (a pedido)

Um ótimo site para baixar gratuitamente discos ou vídeos de sua banda favorita é o "Turbobit". Embora o processo tenha uma lista com várias operações a serem feitas, estas são muito fáceis, rápidas e bastante intuitivas, apesar de algumas "pegadinhas" que ali estão para te enrolar. Parece complicado, mas é bastante simples. Portanto é só seguir as dicas abaixo que rapidamente você já tira essa de letra.

1 - Clique no link "turbobit"
2 - Aguarde cinco segundos até aparecer uma propaganda e depois clique em "FECHAR PROPAGANDA", no canto superior direito, em amarelo
3 - Clique em "Regular Download" no pé da página, em cinza, à direita da página que se abre
4 - Feche a página de propaganda que abriu junto com a anterior
5 - No meio desta página que ficou, clique no ícone "Download" em verde, mas faça isto depois de preencher um quadro à sua esquerda, com os cinco caracteres indicados, que é a senha para liberar o seu download.
6 - Abrirá uma página com uma contagem regressiva de sessenta segundos, que deve ser aguardada até zerar; e só então, clicar em "Baixar o file".
7 - Na janela que se abre, escolher onde salvar o arquivo, mas antes, renomeá-lo, se for o caso.
8 - Clicar em "SALVAR". Pronto. Agora é só aguardar o download terminar e nos dizer o que achou da dica.



26 maio 2014

O Terço, Uma Das Melhores Bandas De Rock Progressivo Nacional



Um dos mais importantes grupos brasileiros do rock anos 70, o Terço nasce com a seguinte formação: Hinds (guitarra), César das Mercês (baixo) e Vinícius Cantuária (bateria). Em 1970, com a substituição de Mercês por Jorge Amiden, o grupo lança seu primeiro LP (rock tipo anos 50, 60 com leves toques progressivos). O segundo trabalho, também homônimo, traz uma sonoridade mais progressiva e é, talvez o disco mais homogêneo de toda a carreira da banda.

Dois anos depois, em 1975, seria lançado o LP que consagraria definitivamente a banda, formada então por Hinds, Magrão, Moreno e Flávio Venturini. "Criaturas da Noite" recebeu anos depois, uma versão em inglês entitulada "Shining Days, Summer Nights" que viraria hit nacional, vendendo centenas de milhares de cópias e presenteando o público com uma das obras-primas do progressivo brasileiro, a faixa entitulada "1974". É o disco destacado acima, o qual recomendo veementemente.

O Terço segue estrada lançando no ano seguinte, "Casa Encantada", com a participação de Mercês na flauta e vocal, conseguindo também uma ótima vendagem. Esses dois álbuns seriam relançados em CD, na Itália, pela Vinyl Magic. Logo a seguir Venturini sai da banda e cria o 14 Bis, com o qual grava 8 Lps e em seguida inicia a sua carreira-solo. Os trabalhos seguintes da banda, após a sua saída, seriam decepcionantes para os amantes do progressivo. Os fãs tiveram que esperar muitos anos até 1993, quando a nova banda, formada por Hinds, Franklin Paolillo (bateria), Luiz de Boni (teclados) e Andrei Ivanovic (baixo), lança "Time Travellers", excelente disco de progressivo sinfônico que, apesar de não ter nada a ver com os trabalhos consagrados do grupo, pelo menos resgata algo do estilo para os velhos seguidores. O grupo, em 1993, abriria o show do Marillion no Brasil com músicas do novo trabalho. Um ao vivo, pela Movieplay, seria publicado em 1994, apresentando o Terço junto a uma orquestra sinfônica.

Em 2000 a banda se apresenta no Rio Art Rock Festival, no Rio de Janeiro com um show curto, mas aclamado e tido como um dos melhores do evento. Em 2001 e 2002 a banda ensaia a volta com a formação clássica do disco "Criaturas da Noite". Alguns ensaios chegam a se realizar mas a morte repentina de Moreno adia o projeto momentaneamente. A dica de hoje para download fica por conta do disco: O Terço Criaturas da Noite (1975). Mais informações: "info & links here"
Dados: rock progressivo

O Terço - As Criaturas Da Noite

            


Maravilha! Isto sim é música de qualidade! Não podemos aqui, deixar de evidenciar a participação especial e espetacular do grande mestre Marcos Viana no violino solo, com a sua turma das cordas acústicas.

O Terço - Casa Encantada

            

Sem dúvida, o rock progressivo brasileiro marcou presença e foi belíssimamente representado pelo grupo. Bons tempos! Os melhores tempos da musica brasileira. É como estar no mundo e ver uma vez na vida o Cometa Halley..., quem não viveu à época, não verá jamais!


O Terço - 1974

            


O Terço, fundado no final dos anos 60, teve seu primeiro trabalho gravado em 1970, na época influenciados pelo folk e o rock dos anos 50/60, além da musica clássica.

Poucos anos depois a banda, seguindo as tendências mundiais, principalmente as que vinham da Inglaterra, o grupo começava a dar os primeiros passos em direção ao rock progressivo, se tornando uma das maiores referências do rock progressivo nacional e muito bem conceituada la fora.

Neste vídeo gravado no Canecão (RJ) em 2005, o qual indico, a banda conta com Sérgio Hinds/Vocal e Guitarra, Flavio Venturini/Vocal,Piano e Synths. Sergio Magrão/Vocal e Baixo. Sergio Melo/Bateria e Percussão. A verdade é que não consigo ouvir esta música sem me arrepiar e me empolgar com sua qualidade sonora e harmônica. Mesmo que você não goste de rock progressivo ou instrumental, assista a este vídeo e verá como esses caras são bons!

24 maio 2014

Eric Carmen - Pop Romântico Anos 70



Eric Carmen é um cantor americano de música pop romântica ao estilo da época. Foi também vocalista e líder do grupo Raspberries e por volta de 1974 partiu para carreira solo com relativo sucesso.

Dentre os sucessos da carreira solo , está a canção Hungry Eyes que fez parte da trilha sonora do filme Dirty Dancing na década de 80, sendo recorde de bilheteria no mundo todo e All by Myself, uma das canções de mais sucesso de todos os tempos, sendo gravada originalmente por Carmen em 1975 e gravada por outros cantores. Uma das versões mais conhecidas de All By Myself é a da cantora Celine Dion.
Fonte: wikipedia

O disco indicado para download é: Eric Carmen - The Best Of (1987). Mais informações: "info & links here"

Eric Carmen - All By MySelf (tradução)

            

Linda música de ar melancólico, o cantor estourou nas paradas com este super sucesso da década de 70.

Eric Carmen - All By MySelf (tradução)

Tão Sozinho

Quando eu era jovem
Nunca precisei de ninguém
Amava apenas por divertimento
Aqueles dias se foram

Vivendo sozinho
Penso em todos os amigos que conheci
Mas quando pego o telefone
Ninguém está em casa

Tão sozinho
Não quero estar
Tão sozinho
Não mais

É difícil estar certo
Às vezes me sinto tão inseguro
O amor tão distante e obscuro (eu fugindo)
Resta a cura

Tão sozinho
Não quero viver
Oh
Não quero viver
Sozinho, sozinho
Não mais
Sozinho
Não mais
Oh
Tão sozinho
Não quero viver
Eu nunca, nunca, nunca
Mais Quero
Tradução: http://letras.mus.br/

Eric Carmen - Hungry Eyes (tradução)

            

Aqui o cantor se mostra numa nova fase musical, a de "pegador", nos apresentando um sucesso mais recente (nem tanto!) e que foi trilha sonora do filme "Dirty Dancing".

Eric Carmen - Hungry Eyes (tradução)

Olhos Famintos

Estive pensando em te contar
Tenho esse sentimento que não vai desaparecer
Olho pra você e eu fantasio
Você é minha esta noite
Agora eu tenho você em meu olhar

Com esses olhos famintos
Basta olhar pra você e não consigo disfarçar
Tenho olhos famintos
Sinto a mágica entre você e eu

Eu quero te abraçar, então me ouça
Eu quero te mostrar o que é o amor
Querida, esta noite
Agora eu tenho você em meu olhar

Agora eu tenho você em meu olhar
Com esses olhos famintos
Agora, te peguei de surpresa?
Preciso que você veja
Esse amor era pra acontecer
Tradução: letras.mus.br

Eric Carmen - I'm Through With Love (tradução)

              

Música linda e apaixonante. Romantismo pop seria o nome adequado para o seu estilo musical.


Eric Carmen - I'm Through With Love (tradução)


Eu Sou Completamente Apaixonado (Tradução livre do inglês)

eu arrumar sua fotografia
E transformar todas as luzes
Mas eu não consigo fazer-me esquecer
Porque cada vez que eu fecho meus olhos
E ver seu rosto novamente
eu percebo que é tudo o que me resta


Eu sou completamente com amor
Eu sou completamente com dor
Não quero me sentir daquele jeito de novo
'Porque se você se foi para sempre
Eu nunca vou ser o mesmo


Eu pensei que o que tínhamos era real
Mas talvez eu sou um tolo
Quem só vê as coisas que ele quer ver
Porque parece que quando eu mais preciso de você
eu me encontro sozinho
E eu sei que não é o caminho, amor deveria ser


Eu sou completamente com amor
E, despedidas tristes
Não pode tirar os pontos baixos
Não quero esses altos
Este coração precisa de tempo para consertar
Eu sou completamente com amor, meu amigo


Bem, talvez um dia, se o sentimento vem de novo
eu não vou lembrar de como dói, mas até então


Eu sou completamente com amor
Eu sou completamente com dor
Não quero me sentir daquele jeito de novo
'Porque se você se foi para sempre
Eu nunca vou ser o mesmo


Eu sou completamente com amor
E, despedidas tristes
Não pode tirar os pontos baixos
Não quero esses altos
Este coração precisa de tempo para consertar
Porque se chegamos ao fim
Até que eu possa sentir novamente
Eu sou completamente com amor, meu amigo
Tradução: vagalume

12 maio 2014

B. J. Thomas - Grande Sucesso Dos Anos 70!



O cantor romântico B. J. Thomas nasceu em 1942, em Houston, Estados Unidos e é considerado um dos responsáveis por estreitar a relação entre o pop-rock romântico e a música country, alcançando grande sucesso em ambos os gêneros no anos 60 e 70.

Começou a cantar ainda criança em uma igreja em sua terra natal. O seu maior sucesso é, sem dúvida, "Raindrops Keep Fallin' On My Head". Como iniciou sua carreira como cantor gospel, acostumou-se desde cedo à música harmoniosa dos corais e quartetos evan­gélicos, como o "Black with Brothers" por exemplo, que mais tarde influenciaria sua carreira.

A interpretação em tom de lamento que esses cantores negros davam aos hinos evangélicos tradicio­nais marcou não só a música de B. J. Thomas como também sua vida. Nunca chegou a esquecer de todo, as mensagens de auxílio e alívio vindo dos céus, que eram a tônica daquelas canções. Ainda garoto, ele mesmo che­gou a emprestar a voz a muitas dessas músicas nos corais congregacionais.

Mas foi como cantor de rock e baladas melodiosas e melosas que, anos depois, conheceu o sucesso em âmbito mundial. B. J. Thomas vendeu milhões de cópias de seus 80 discos lançados, dntre eles, 5 discos de música gospel que lhe valeram vários Grammy's - o mais importande prêmio da indústria fonográfica americana. Portanto, vale a pena adquirir um CD do cantor, e sugiro uma boa coletânea, que certamente conterá os seus maiores sucessos. 
Fonte: Wikipedia

Registre-se para ter acesso a mais informações

B. J.Thomas - Rock And Roll Lullaby

             


Negar a nostalgia é negar as próprias origens. Assumir a nostalgia é reconhecer que se teve a oportunidade de viver aqueles momentos e os conteúdos daquelas letras, que, inclusive, expressavam a real capacidade daqueles autores e cantores maravilhosos; sem deixar de citar a época do verdadeiro romantismo. Isto era os anos 70!..

B. J. Thomas - Oh me, Oh my (I'm A Fool For You Baby) (tradução)

            

De volta ao passado, numa época que não volta mais, quando o romance, o requinte e o amor verdadeiro fazia parte do dia a dia dos anos 70. Essa é para matar a saudade!..


B. J. Thomas - Oh me, Oh my (I'm A Fool For You Baby)                                                 (tradução)


Meu Deus (Eu Bancaria o Tolo Por Você)

Oooooooh
Para te fazer rir, eu bancaria o tolo por você
Apesar das pessoas pararem para olhar
Daria meu tudo para ficar com você, menina
Pois parte meu coração quando você não está lá

Eu dançarei balé em cima de uma mesa
Comanda o espetáculo,
e apesar de eu ser desafinado
Meu espetáculo não fracassará porque eu encontrarei a música nos seus olhos

Meu Deus
Sou louco por você, menina
Meu Deus
Sou louco, disse que sou louco
Meu Deus
Sou louco por você, menina
Deixe que a luz do seu amor brilhe sobre mim

Nós sopraremos um gênio da fumaça do cigarro
Passearemos num tapete mágico
Diremos ao nosso amigo enfumaçado
Não se esqueça,
você deve nos manter lado a lado

Meu Deus
Sou louco por você, menina
Meu Deus
Sou louco, disse que sou louco
Meu Deus
Sou louco por você, menina
Deixe que a luz do seu amor brilhe sobre mim

Oooooh
Meu Deus
Sou louco por você, menina
Meu Deus
Sou louco, disse que sou louco
Meu Deus
Sou louco por você, menina
Deixe que a luz do seu amor brilhe sobre mim

Meu Deus
Sou louco por você, menina
Meu Deus
Tradução: Letras.mus.br

B. J. Thomas - Raindrops Keep Fallin' On My Head (tradução)

            

Esta música marcou uma geração e para mim também ficou uma gostosa saudade!

 

B. J. Thomas - Raindrops Keep Fallin' On My Head                                                          (tradução)


Gotas de Chuva Continuam Caindo Em Minha Cabeça

Gotas de chuva estão caindo em minha cabeça
E igual ao sujeito
que já não cabe mais em sua cama,
Nada parece se ajustar.
Esses pingos de chuva estão caindo em minha cabeça
Eles continuam caindo

Então eu bati um papo com o Sol,
E falei que não gostava
Do modo que ele fazia as coisas:
Dormindo no trabalho
Esses pingos de chuva estão caindo em minha cabeça
Eles continuam caindo

Mas há uma coisa, eu sei,
Tristeza que eles me enviaram
Não me derrotarão;
Não vai demorar muito
Para a felicidade me encontrar

Pingos de chuva continuam caindo em minha cabeça,
Mas isso não significa
Que meus olhos logo ficarão vermelhos.
Eu não sou de chorar
Porque eu nunca vou parar a chuva
Reclamando
Porque eu sou livre,
Nada está me preocupando!
Não vai demorar muito,
Para a felicidade me encontrar
Tradução: Letras.mus.org

08 maio 2014

Morris Albert - O Mais Bem Suscedido Cantor Brasileiro Que Cantava Em Inglês Nos Anos 70



Morris Albert, cantor e compositor brasileiro de música pop e soft rock, vendeu discos em mais de 50 países totalizando 160 milhões de cópias e ficou muito famoso com os sucesso de She's my girl e principalmente Feelings, bem como outras canções que compôs em inglês e que inspiravam os casais de namorados na década de 70.

Além de Feelings e She's my girl, ele emplacou vários outros hits nas rádios e paradas de sucesso como: Conversation, Woman, Do You Miss Me, Gonna Love You More, Memories, Sweet Loving Man, Heaven, Lady, Father e Paradise. Sucesso total, o autor, compositor e intérprete de canções criou também vários temas musicais que fazem parte de mais de 100 filmes, seriados de TV, novelas e comerciais. Suas obras hoje superam os 160 milhões de discos vendidos.

Seu primeiro "single", ou compacto simples, como foi mais conhecido no Brasil, tinha no lado A a canção Woman e no lado B, Feelings, que estourou no mundo todo, onde recebeu mais de 100 regravações e está entre as 100 músicas mais conhecidas de todos os tempos.

Muitos daqueles artistas que na década de 70 cantavam em inglês sonhavam em fazer sucesso em outros países, mas apenas Morris Albert conseguiu a façanha com "Feelings", canção que compôs e gravou em 1973, e que está entre as músicas mais executadas em todos os tempos. Dentre tantos outros, ela chegou a ganhar versões de Frank Sinatra e Julio Iglesias, e recentemente, até o grupo americano Offspring fez uma releitura do famoso hit.

Após o lançamento da música Feelings ele ainda compôs mais dois grandes sucessos: Conversation e She's My Girl, porém, mal sabia ele sobre o que lhe esperava, pois sofreria um grande baque. Algum tempo depois o compositor se viu surpreendido com uma acusação de plágio. Segundo o francês Lou Gasté, Feelings seria uma cópia de Pour Toi. A causa perdida na justiça lhe fez pagar 3 milhões de dólares ao francês e, depois disso, nunca mais Morris Albert se recuperou totalmente. Atualmente ele toca um estúdio de gravação no Canadá, na cidade de Toronto.

A coletânea Morris Albert - The Essentials, lançada em 1998 contém os 14 maiores sucessos do cantor, sendo a minha indicação de hoje para aquisição. Mais informações: "info & links here"
Dados Wikipedia e Túnel do Tempo

Morris Albert - Feelings (tradução)

            

Épocas que deixaram boas e muitas lembranças!..

Morris Albert - Feelings (tradução)


Sentimentos

Sentimentos
Nada mais que sentimentos
Estou tentando esquecer os meus Sentimentos de amor
Lágrimas

Estão rolando em meu rosto
E estou tentando esquecer os meus Sentimentos de amor
Sentimentos

Que vou sentir por toda minha vida
Eu queria nunca Ter te encontrado, garota
Você não voltará jamais
Sentimentos

Oh, sentimentos
Queria te sentir novamente em meus braços
Sentimentos

Me sinto como se nunca te perdi
E também me sinto como se nunca te terei
Novamente em meu coração
Sentimentos

Que terei por toda minha vida
Eu queria nunca Ter te conhecido, garota
Você nunca mais voltará
Sentimentos

Me sinto como se nunca te perdi
E sinto como se jamais te terei
Novamente em minha vida

Sentimentos

Oh, sentimentos
Oh, te sentindo novamente em meus braços
Tradução: Vagalume

Morris Albert - She's My Girl (tradução)

            

Que tal uma música romântica para relembrar?!..

Morris Albert - Conversation (Tradução)

            

Esta realmente é das antigas. Nos faz voltar em algum lugar do passado... Época do rostinho colado nos bailes à noite. Bons tempos!

07 maio 2014

VA - Hits Again (1999) 4CDs
Os Anos 70 e os Cantores Brasileiros que Cantavam em Inglês


Nos anos 70, a maior parte da programação das rádios brasileiras eram de canções estrangeiras. Os Disc-Jockeys, hoje chamados de Djs, repetiam em seus programas o grande fenômeno que acontecia no mercado fonográfico brasileiro - artistas brasileiros fazendo grande sucesso ao compor e cantar em inglês usando pseudônimos.

Que eu me lembre agora, cantores como Terry Winter, Malcolm Forrest, Pete Dunaway, Mark Davis (Fábio Júnior), Uncle Jack (Fábio Júnior), Tony Stevens (Jessé), Christie Burgh (Jessé), Morris Albert, Dave Maclean, Michael Sullivan, Patrick Dimon, Don Elliot (Ralf, da dupla Cristian e Ralf), Chrystian (da dupla Cristian e Ralf), Steve Maclean, foram alguns deles, além dos grupos Harmony Cats, Light Reflections, The Clocks, Sunday, Lee Jackson, Pholhas, entre tantos outros. Ainda hoje encontramos cantores e bandas com essas características, porém, cantam em inglês por motivos bem diferentes, como por exemplo, terem o seu mercado e a grande maioria dos fãs no exterior.

Na época, ninguém imaginava que aquelas lindas canções que conquistavam a todos e invadiam as rádios, as famosas "brincadeiras", os bailes e os temas das novelas, eram criadas, produzidas e cantadas por nós mesmos. Eram brasileiros cantando em inglês, uma exigência de consumo da época, quando a música estrangeira tomava conta do mercado brasileiro e a própria preferência do público pendia para a música internacional naquele momento.

E as gravadoras, para manter os lucros em alta, embarcaram nessa onda. Além do mais, pagar direitos autorais aos artistas estrangeiros onerava muito mais as gravadoras do que as despesas com cantores tupiniquins. A grande maioria desses artistas já eram músicos e cantores experimentados. Uns eram profissionais de estúdios de gravação; outros cantavam em bares e bailes, mas, praticamente todos, profissionais anônimos.

O sucesso das primeiras trilhas internacionais das novelas certamente contribuiu para difundir este fenômeno musical. Somando-se a isto, ainda temos o baixo custo dos artistas nacionais. Foram quase uma década de mistério e pouco se sabia sobre eles. Dos vários artistas que embarcaram nessa onda, alguns se deram muito bem, e outros, sumiram completamente da mídia após o fim do movimento. A mania dos cantores made in Brazil começou a decair no início dos anos 80, quando a música brasileira ganhou mais espaço nas rádios. Texto: Kika Teixeira - Arquivo pessoal de RSTONE.

Esta é a capa de uma ótima coletânea que saiu no Brasil em 1999, "Hits Again". São 4 CDs com as seguintes canções:
Vol 1:
01. Dave Mclean - Me And You (3:43)
02. Mark Davis - Don't Let Me Cry (4:06)
03. Pete Dunaway - I'll be fine (4:37)
04. Dave Dee & Mea Cat - Do You Love Me (3:23)
05. Steve Maclean - True Love (2:57)
06. Patrick Dimon - Pigeon without a dove (4:03)
07. Lee Jackson - Hey Girl (3:23)
08. Excelsior - Superman (2:35)
09. Morris Albert - She's my girl (2:56)
10. Peter Mc Green - Girl of the past (3:24)
11. Harmony Cats - Every Night Fever (4:01)
12. Family Unlimited - Hey Hey (2:19)
13. Brothers - Tenderness (3:28)
14. Don Elliot - My love for you (3:05)
15. Sunday - Paloma (3:46)

Vol 2:
01. Terry Winter - Summer Hollyday (4:02)
02. Paul Jones - Those Shadows (3:55)
03. Paul Denver - Rain and Memories (4:05)
04. Bandits of Love - Deixa (3:56)
05. Water Proof - Shine Shine (2:12)
06. Chrystian - Lies (4:04)
07. Edward Cliff - Nights Of September (3:22)
08. Uncle Jack - My Baby (3:24)
09. The Victoria Project - You're The One That I Want (2:37)
10. Dave Maclean - We Said Goodbye (3:09)
11. Charles Marx - So Lucky (3:09)
12. Julian - Angel (4:07)
13. Tony Valdez - Love me like a stranger (3:57)
14. Bruno Carezza - Piano (4:47)

Vol 3:
01. Christian - Don´t Say Goodbye (2:45)
02. The Light Reflections - Tell Me Once Again (4:10)
03. Christie Burg - Flying (6:13)
04. Malcom Forest - Ecstasy (4:42)
05. Paul Bryan - Listen (2:52)
06. Terence Stample - Puff The Magic Dragon (3:27)
07. Memphis - Sweet Daisy (2:30)
08. Wheels Of Fire - Baby Face (3:23)
09. Tobi Chris - Gaye (3:18)
10. Steve Maclen - Places (3:54)
11. Cinthia - Drops (3:34)
12. The Buttons - Whispering (3:02)
13. Napoleon - The Funninest Joke (3:02)
14. Glenn Michael - Spring (3:26)

Vol 4:
01. Sunday - I'm Gonna Get Married (3:34)
02. Morris Albert - Feelings (3:44)
03. Tony Stevens - If You Could Remember (4:21)
04. Don Eliot - One Day In Your Life (4:08)
05. Lee Jackson - Choo Choo Choo (3:24)
06. Kompha - Beacher (3:20)
07. Manchester - My Dear (3:30)
08. Pholhas - She Made Me Cry (3:14)
09. All Together - He (4:26)
10. Terry Winter - Our Love Dream (3:39)
11. Michael Sullivan - My Life (3:34)
12. Geminis - Mexican Divorce (3:26)
13. Susan Quacker - 48 Crash (3:43)
14. Komendaylee - She Loves You (2:23)

05 maio 2014

Shocking Blue - Belas Recordações Dos Anos 70...



Banda holandesa de beat rock, rock and roll, rock psicodélico e blues rock, Shocking Blue foi criada em 1967 pelo guitarrista Robbie van Leeuwen (guitarra, sitar e voz de apoio). Completando o time veio o baterista Cor van der Beek, o baixista Klaassje van der Wal e o cantor Fred de Wilde. Mais tarde, novos membros foram substituindo os veteranos. Na voz entrou Mariska Veres, que ficou de 1968 até 1974. Depois veio também Leo van de Ketterij (guitarra, 1970–1971), Martin van Wijk (guitarra, 1973–1974) e Henk Smitskamp (baixo, 1972–1974).

Em 1968 a banda gravou um disco que fez relativo sucesso. Quando o empresário conheceu Mariska Veres, que cantava na banda "Bumble Bee", logo sentiu que ela era a peça que faltava para dar um upgrade na banda, o que acabou acontecendo, pois logo em seguida ela se tornou a vocalista titular do Shocking Blue.

Nos anos 70 o sucesso começou a sair das fronteiras da Holanda, chegando aos Estados Unidos e logo, em toda parte do mundo com o single Venus. Com a voz rouca e forte, maquiagem e roupas que confudiam as pessoas sobre o sexo da cantora, Mariska dava um show à parte. A música Venus rendeu à banda muita popularidade e dinheiro, com mais de 5 milhões de cópias vendidas no mundo. Em seguida, a banda lançou um novo disco chamado "At Home" que trazia além do single Venus, a música Love Buzz, que mais tarde foi regravada pela banda Nirvana.

A banda seguiu lançando excelentes singles, que fizeram enorme sucesso no resto da Europa e Japão, como Mighty Joe, Never Marry a Railroad Man, vendendo mais de um milhão de cópias com estes singles. Ainda fizeram muito sucesso com Hello Darkness, Shocking You, Long and Lonesome Road, Send Me a Postcard, Blossom Lady, Out of Sight, Out of Mind e Inkpot.

Com o passar do tempo, em 1971, depois de inúmeros sucessos, o guitarrista acabou deixando a banda e Mariska continuou como trio até 1974, quando acabou de vez.. Mas, a essa altura, eles já haviam vendido mais de 13,5 milhões de discos, só até 1973. Vale a pena adquirir uma coletânea para relembrar os inúmeros sucessos da banda, realmente inesquecíveis e que marcaram muito nossas vidas na década de 70. Sugiro então a excelente coletânea: Shocking Blue - Best of Shocking Blue, de 1986. Mais informações: "info & links here"
Dados: Wikipedia

Shocking Blue - Venus

            

Sucesso absoluto nas rádios e bailes em 1969, nos anos seguintes; e até hoje, não tem quem não se empolgue ao ouví-la!

Shocking Blue - Never Marry A Railroad Man

            

Não se preocupem com a simplicidade dos vídeos da época, pois a música vale a pena!..

Shocking Blue - California Here I Come

            

02 maio 2014

Fernando Noronha & Black Soul - Um Excelente Blues Rock Nacional



A dica de hoje fica por conta da banda blueseira brasileira Fernando Noronha & Black Soul, desconhecida pela maioria, óbvio, já que se trata de música de qualidade, coisa que não se afina muito com os ouvidos da grande massa tupiniquim.

O fato de cantarem em inglês se deve ao grande sucesso que fazem fora do país. É lá que se encontra o grande público, fato bastante comum à maioria das bandas brasileiras que primam por um trabalho mais apurado, sem desmerecer, é claro, algumas que só compõem em português.

Na verdade, a coisa se confunde quando falamos de Fernando e da banda Black Soul, da qual parece ser o mentor. Fernando Noronha é um guitarrista e compositor brasileiro de blues e blues rock; e se tornou mais conhecido por seu trabalho à frente desta aclamadíssima banda gaúcha, Fernando Noronha & Black Soul.

Fernando toca profissionalmente desde 1995, e durante sua carreira, teve a oportunidade de tocar, abrir shows e até gravar com muitos artistas do gênero como BB King, Buddy Guy, Ron Levy, Jeff Healey, Phil Guy, Coco Montoya, Holland K Smith, entre outros.

É famoso por "incorporar" o estilo do blues texano, não só na maneira de tocar como também nas roupas que veste em suas apresentações. Foi eleito pelo site "HeavyMetal Brasil" um dos 30 melhores guitarristas do país. Segue abaixo a ficha deste excelente disco do guitarrista e sua banda, o qual recomendo. Mais informações: "info & links here"
Site da banda: http://www.fernandonoronha.com/portal/php/discografia.php
Dados: Wikipedia
Resenha: Renê
Dica: Stampsom

Disco: Fernando Noronha & Black Soul
Álbum: Changes
Ano Lançamento: 2003
Origem: Brasil
Gênero: Blues Rock

Faixas:
01 - Nothing But Her Love
02 - The Hound
03 - Driftin'
04 - White Trash
05 – Changes
06 - Pig Foot
07 - Blues For Jimmy King
08 - Stay Away From Me
09 - Love Is Just A Gamble
10 - On The Road
11 - House Of Blues

Fernando Noronha & Black Soul - Changes

            

Fernando Noronha & Black Souls - White Trash

            

Atentem para o trabalho de guitarra neste slow blue de primeira linha!

Fernando Noronha & Black Soul - The Secret Of The Recipe

            

01 maio 2014

John Lennon - Pérola Dos Anos 70!



Músico, guitarrista, cantor, compositor, escritor e ativista britânico, John Lennon ganhou notoriedade mundial como um dos fundadores do grupo de rock britânico The Beatles, onde junto com Paul McCartney, formaram uma das maiores duplas de compositores do Século XX; banda esta que teve o seu  final à partir de 1969, quando Lennon comunicou aos seus parceiros que estava deixando a banda, mas, e que se concretizou realmente em 10 de abril de 1970, quando Paul McCartney anunciou oficialmente o fim dos Beatles.

Dentre as composições de destaque de John Lennon (creditadas a Lennon e McCartney) estão: "Help!", "Strawberry Fields Forever", "All You Need Is Love", "Revolution", "Lucy in the Sky with Diamonds", "Come Together", "Across the Universe, "Don't Let Me Down"; e outras. Já em sua carreira solo temos: "Imagine", "Instant Karma!", "Happy Xmas (War is Over)", "Woman", "(Just Like) Starting Over", "Watching the Wheels" e várias outras de sucesso mundial. Ao criar suas canções  Lennon sempre mantinha a sua preferência  no rock, variando apenas de estilo, que girava em torno do rock pop, do psicodélico e do experimental, aparentemente, nesta ordem de preferência.

Não vejo muita necessidade de alongarmos a sua biografia, uma vez que é amplamente conhecida do mundo inteiro, dos mais aficionados aos mais leigos. O que realmente vale a pena acrescentar é o seu espírito coletivo e humanista; as letras maravilhosas de suas canções; e que certa vez ele devolveu sua medalha de Membro do Império Britânico à Rainha, como uma forma de protesto contra o apoio do Reino Unido à guerra do Vietnã e o envolvimento no Conflito de Biafra. Diria também que recebeu uma Estrela da Calçada da Fama de Hollywood em 30 de setembro de 1988. Que em 2002, John Lennon entrou em oitavo lugar em uma pesquisa feita pela BBC como os 100 mais importantes britânicos de todos os tempos. Recentemente, em 2008, John foi considerado pela revista Rolling Stone o 5º melhor cantor de todos os tempos. Foi considerado o 55º melhor guitarrista de todos os tempos pela revista norte-americana Rolling Stone. É isso. E o fato de que eu amo suas canções!

Se você deseja adquirir um disco que possua praticamente todos os seus grandes sucessos, eu indico a coletânea: John Lennon - The John Lennon Collection, de 1982, cuja capa ilustra a postagem. Mais informações: "info & links here"

John Lennon - Imagine (tradução)

            


Essa é das antigas... E nem por isso ultrapassada. Sua mensagem balança os corações bem intencionados e ainda hoje nos transmite uma conotação futurística. Queira Deus cheguemos lá!!!...

John Lennon - Woman (tradução)

            

John Lennon - Stand By Me (tradução)

            

                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...