Cabeçalho do Blog

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
PREZADOS LEITORES! À PARTIR DE HOJE ESTAREMOS POSTANDO AS ATUALIZAÇÕES DO BLOG NO NOVO ENDEREÇO ABAIXO: www.batebocamusical2.blogspot.com.br batebocamusica2

09 fevereiro 2013

Focus - Um Estilo Único Dentro Do Rock Progressivo


Focus é uma banda de rock progressivo holandesa, que surgiu em 1969, criada pelo organista e flautista Thijs van Leer, pelo baixista Martin Dresden e pelo baterista Hans Cleuver.

A ideia inicial era seguir o estilo da banda Traffic, o que não aconteceu por percalços com a versão holandesa de Hair. Após a temporada do musical, o grupo pode produzir seu primeiro álbum, em 1970, já com a presença de Jan Akkerman na guitarra.

Suas extensas e exclusivas composições instrumentais e improvisações continham muito da música erudita. Um exemplo é a referência à ópera de Monteverdi na canção "Eruption", do álbum Moving Waves. Outra referência está em "Carnival Fugue", de Johann Sebastian Bach, no álbum Focus 3, ou ainda referências ao período do Renascimento com "Anonymus II", do mesmo álbum.

Descontente com a falta de sucesso do primeiro álbum, Jan Akkerman deixou a banda para formar outra com o baterista Pierre Van der Linden e o baixista Cyril Havermans. Quando soube da nova banda, Thijs os contactou e eles lhe convidaram para também participar. Daí surgiu então o nome Focus. O quarteto gravou o álbum Moving Waves, primeiro álbum de impacto da banda, recebendo críticas positivas a nível internacional. O álbum incluía a obra símbolo da banda, "Hocus Pocus". Este clássico do rock consistia na repetição de um riff de guitarra recorrente com interlúdios vocais em falsete.

Logo após, Pierre Van der Linden deixou a banda após desentendimento com Ruiter. Collin Allen o substituiu, e então, em 1974 a banda gravou Hamburger Concerto, num retorno ao estilo mais erudito. Gravaram posteriormente Mother Focus, um álbum mais comercial. Depois dessas alterações, em 1976, após a finalização do álbum, Jan Akkerman também deixou a banda pelas diferenças musicais que tinha com Thijs, iniciando aí o fim gradual da banda, o que acabou acontecendo em 1978.
Pesquisa: http://pt.wikipedia.org

Na minha idéia, tenho a banda como um mixto de execuções clássicas, em sintonia com os sensíveis teclados de Van Leer e a oportuna suavidade da flauta, combinado isto tudo com edificantes seções de guitarra jazística e mais algo não identificado. A instrumentação medieval usada pela banda também dá um toque especial às composições. Enfim, é um som requintado, bem melódico e único do rock progressivo sinfônico. Tudo soa como um cruzamento entre a banda Camel, de som macio, com o seu lado etéreo e melódico, e a Caravan executando o seu lado jazz rock. Nota-se ainda uma pitada do estilo Jethro Tull nas maravilhosas execuções de flauta.  Por mais que eles façam parte das origens do rock progressivo, a banda Focus pode ser vista como precursora influente do jazz-fusion, assim como outras grandes bandas do proggerssivo dos anos 70.

     Marco indiscutível do rock progressivo sinfônico, o disco"Hamburger Concerto" é um álbum raro, que mistura uma incrível musicalidade, criatividade, melodia e também humor. Foi um dos primeiros discos que comprei. Pode-se levar mais de uma audição para apreciá-lo plenamente, mas a experiência acabará sendo mais do que gratificante. Dos oito discos de estúdio da banda, existem outros três muito bons, mas este em particular, é o que eu indico para se adquirir primeiro, pois é o melhor deles. Baixe ele neste site aqui. Para saber como, clique aqui. Bom download!


    Faixas:
1. Delitae Musicae
2. Harem Scarem
3. La Cathedrale De Strasbourg
4. Birth - 7:46
5. Hamburger Concerto
6. Early Birth

    Músicos:
* Thijs van Leer - organ, piano, harpsichord, electric piano, flute, alto-flute, arp synthesiser, recorder   mellotron, vibes, accordion, the organ of St. Mary the Virgin-Barnes, handclaps, all voices, whistling
* Bert Ruiter - bass guitar, auto harp, triangles, chinese finger cymbals, handclaps, swiss bells
* Colin Allen - drums, conga drum, tambourine, castanets, cabasa, woodblock, chinese gong, timpani, handclaps, flexatone, cuica
* Jan Akkerman - all guitars, flute, timpani, handclaps

Nenhum comentário:

Postar um comentário



                                                     AVISO IMPORTANTE:
       Amigos, informamos que não atenderemos pedidos de links feitos através dos "Comentários", pelas "Redes Sociais", ou ainda pelo "Chat" do blog. Com o intuito de    agilizarmos o atendimento os leitores deverão usar exclusivamente o "Email" do blog.
 

                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...