Cabeçalho do Blog

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
PREZADOS LEITORES! À PARTIR DE HOJE ESTAREMOS POSTANDO AS ATUALIZAÇÕES DO BLOG NO NOVO ENDEREÇO ABAIXO: www.batebocamusical2.blogspot.com.br batebocamusica2

14 novembro 2013

Big Allambik - Banda De Blues Brazuca



Considerados como um dos maiores grupos de blues do país, o BIG ALLANBIK foi formado em 1992 no Rio de Janeiro. A formação contava com: Ricardo Werther, apontado pelo público e crítica como o melhor vocalista brasileiro do gênero; Alan Ghreen, pianista que já gravou com B.B.King; Big Gilson, guitarrista contratado como "endorser" das Guitarras Gibson e amplificadores Fender; UgoPerrotta, baixista e Beto Werther, baterista.

O primeiro álbum da banda, "Blues SpecialReserve", foi masterizado e prensado nos EUA e lançado em 1993. "Black Coffee", o segundo CD, teve seu show de lançamento no festival Nescafé and Blues no Palace, em São Paulo, no ano de 1995. Na época se apresentaram juntamente com grandes nomes do blues como Robert Cray, Lonnie Brooks, Otis Clay, Ronnie Earl, Robben Ford e Eric Burdon, tendo sido apontados pela crítica especializada como a melhor apresentação das bandas brasileiras deste evento.

Em outubro de 96, o Big Allambik embarcou para os EUA, se tornando a primeira banda de blues brasileira a fazer uma turnê neste país, se apresentando com grande sucesso em casas de renome internacional como o Blue Note em Nova York e o Tobacco Road em Miami. Em Chicago, eles se apresentaram no Buddy Guy’s Legends com Duke Robillard e no Chicago Blue Note juntamente com Lonnie Brooks.

Durante os shows, o Big retornava a Nova York para gravar o seu 3º CD, "Batuque y Blues", no Avalon Studios. Este estúdio propiciou ao Big sonoridades e aparelhagens específicas dos anos 70, além de um Hammond B-3 utilizado por Rick Wakeman e um piano onde Pinetop Perkins costumava gravar. Tudo isso somado ao talento do produtor Bob Stander, que trabalhou com vários artistas consagrados, como Roy Buchanan, Paul Simon, Pete Townshend e bandas como Kiss e The Platters. Com todo este material, o Big realizou uma mistura de ritmos e instrumentos brasileiros com o blues e o classic rock. "Batuque y Blues" foi lançado em 1998 contando com clássicos como "Gully Low Blues" de Louis Armstrong, "My Babe" e "Seventh Son" de Willie Dixon e "Jessica" dos Allman Brothers. Em 2000 lançaram o ao vivo "Destilado Ao Vivo". Vale a pena conferir esta banda!..
Fonte: Lagrimas psicodélicas/ release

Nenhum comentário:

Postar um comentário



                                                     AVISO IMPORTANTE:
       Amigos, informamos que não atenderemos pedidos de links feitos através dos "Comentários", pelas "Redes Sociais", ou ainda pelo "Chat" do blog. Com o intuito de    agilizarmos o atendimento os leitores deverão usar exclusivamente o "Email" do blog.
 

                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...