Cabeçalho do Blog

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
PREZADOS LEITORES! À PARTIR DE HOJE ESTAREMOS POSTANDO AS ATUALIZAÇÕES DO BLOG NO NOVO ENDEREÇO ABAIXO: www.batebocamusical2.blogspot.com.br batebocamusica2

24 fevereiro 2016

Supertramp - Crime of The Century (1974)
Grande Sucesso dos Anos 70


Patrocinado pelo milionário holandês Stanley August Miesegaes, o vocalista, pianista e ex-baterista Rick Davies pôs um anúncio no jornal em busca de integrantes para a formação do grupo em agosto de 1969. Rick Davies então juntou-se aos músicos Roger Hodgson (vocal, guitarra e teclados), Richard Palmer (guitarra, balalaika e vocais) e Robert Millar (percussão e harmônica).

O primeiro álbum foi lançado em julho de 1970 e, apesar das boas críticas, foi um fracasso comercial. Richard Palmer, desgostoso, resolveu sair do grupo seis meses depois do lançamento do disco. Em seguida entraram Frank Farrell (baixo), Kevin Currie (bateria) e Dave Winthrop (flauta e saxofone). O álbum "Indelibly Stamped" com essa nova formação, já  trazia as marcas registradas da banda: as harmonias vocais entre Davies e Hodgson, e solos de saxofone, mas, também foi um fracasso de vendas. Novamente o grupo se desfez restando apenas Hodgson e Davies.

No final de 1972, convocaram o baixista Dougie Thomson, o baterista Bob Siebenberg e o homem que deu aquele toque final ao som do grupo, John Helliwell (saxofone e sopros em geral, vocais). Com essa espetacular formação o grupo  lançou "Crime of The Century" em 1974, que  finalmente fez grande sucesso com “Dreamer”, “School”, e  “Bloody Well Right”. Já o disco seguinte, "Crisis? What Crisis?", de 1975, não foi tão bem nas vendas, mas, "Even in the Quietest Moments", de 1977, recolocou o Supertramp no topo das paradas musicais com “Give a Little Bit” e “Fool's Overture”. O álbum "Breakfast in America", de 1979, trouxe ainda mais sucessos com "The Logical Song", "Take the Long Way Home", "Goodbye Stranger" e "Breakfast in America", vendendo vários milhões de cópias. Portanto, da banda, eu recomendaria a aquisição destes 3 discos acima, que são igualmente tão bons, que jamais ousaria escolher um entre eles!

Os anos 80 não foram nada bons para o grupo, pois, após tantos sucessos Roger Hodgson resolveu abandonar a banda. Existem várias especulações sobre sua saída, e nenhuma delas convenceu na época. Alguns diziam que Hodgson se sentia musicalmente limitado - o que não se sustenta já que seus discos solo são bem parecidos com o material habitual do Supertramp e não deram em nada. Daí para frente, já totalmente esfacelada, a banda não conseguiu produzir mais nenhum sucesso.

Pena que desentendimentos internos tenham acabado com o grupo e que Roger Hodgson (detentor dos direitos autorais) tenha embargado a exibição de todos aqueles vídeos maravilhosos do grupo original postados no Youtube. Nós, interessados e fãs do "grupo original", queremos a volta dos vídeos originais, e, em protesto, não postaremos nenhum vídeo novo aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário



                                                     AVISO IMPORTANTE:
       Amigos, informamos que não atenderemos pedidos de links feitos através dos "Comentários", pelas "Redes Sociais", ou ainda pelo "Chat" do blog. Com o intuito de    agilizarmos o atendimento os leitores deverão usar exclusivamente o "Email" do blog.
 

                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...