Faça seu Registro Aqui

bandeira-brasil-imagem-animada-0009
Encontre-nos
Bem-vindos, Amigos!   Informamos que Só atenderemos pedidos de Informações de Seguidores Registrados no Blog
e se forem solicitados única e exclusivamente através do nosso Email.   Registre-se logo abaixo à Direita.

22 janeiro 2015

Banda de Pau e Corda - Raridade da Música Folk Nordestina



A Banda de Pau e Corda surgiu em 1972 na cidade de Recife. O grupo desenvolve canções regionais divulgando a autêntica música popular brasileira, enriquecida pelos diversos rítmos que compõem o nosso cancioneiro, como o maracatú, o baião, o frevo, a ciranda e a toada. Isso deu ao grupo e suas canções uma certa individualidade, de aspecto histórico até, pois veio atender à necessidade de criação de uma música genuinamente brasileira, que não representasse nenhum segmento da costumeira cultura de importação.

Este é o primeiro álbum lançado em 1973 pelo grupo pernambucano, sendo portanto a dica de hoje para download juntamente com o álbum "Redenção", lançado no ano seguinte. Na contracapa do LP, há o seguinte texto de apresentação, escrito pelo sociólogo Gilberto Freyre, conterrâneo dos músicos:

"A poesia escrita no Brasil nasceu no Nordeste: em Pernambuco. Foi isto no século XVI. O poeta, Bento Teixeira. Talvez tocasse viola, como os jovens que morreram em Alcacer-Kibir.

Mas mesmo antes da escrita, deve ter aqui madrugado a poesia cantada. As que primeiro cantou no Brasil o azul de umas águas, o verde de umas matas, o moreno de umas mulheres diferentes das europeias.

De modo que o novo e admirável grupo de jovens do Recife que cantam sua poesia acompanhada de música - os jovens da "Banda de Pau e Corda" - cantam pelo Nordeste de sempre. É novo e é de sempre.

De Waltinho, quase um menino, são quase todas as músicas aqui reunidas. Outro quase menino é o Paulinho, contrabaixo. Roberto Andrade é o letrista de quase todas as músicas do disco. Sérgio Andrade é também letrista e ritmista. José Matias, flautista e Paulo Fernando, violeiro.

Todo um conjunto marcado pelo amor às águas e às mulheres do Nordeste, sem que sejam esquecidos Vitalinos e Caruarus tão das terras menos úmidas, mas também tão nordestinas, desta parte do Brasil. Um Brasil, este - o Nordeste - de onde tem brotado tanta música junto com tanta poesia."

Faixas:

1. Vivência
2. Pai de Barro
3. Recado
4. Lampião
5. Alegoria]
6. Banco de Feira
7. Vida de Vaqueiro
8. Só de Brincadeira
9. A Seca Chegou
10. Ciranda do Mar
11. Voltei, Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário



                                                     AVISO IMPORTANTE:
       Amigos, informamos que não atenderemos pedidos de links feitos através dos "Comentários", pelas "Redes Sociais", ou ainda pelo "Chat" do blog. Com o intuito de    agilizarmos o atendimento os leitores deverão usar exclusivamente o "Email" do blog.
 

                            Encontre-nos nas Redes Sociais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...